5 de dez de 2011

Muito mais que um curso


Neste final de semana conclui minha formação em Iyengar Yoga com o professor Sandro Bosco. Foram três anos de muitos asanas, pranayamas e meditações em grupo, aulas de filosofia, anatomia, grupos de estudos, conversas e viagens sobre yoga e afins, aulas didáticas, silêncio, mantras e pujas.
Durante esse tempo aprendi e compreendi várias técnicas novas, aprofundei muito o entendimento da filosofia do yoga, conheci várias pessoas interessantes e praticantes e ainda tive aulas com excelentes e experientes professores. Até aí, quase tudo dentro da expectativa que se tem de um bom curso, mas, para mim, o melhor de tudo ainda não foi isso.
Agora no final algo ficou mais claro para mim, algo que tem pouco haver com conteúdos de aula, diploma, currículo, carga horária, título, ou qualquer coisa que tenha essa conotação de reconhecimento mais social. O que foi, e o é, realmente importante para mim nesse “curso” foi a possibilidade de ter experiências únicas, transformadoras, sutis e intensas com a prática do yoga em grupo. Mais do que isso, ter essas experiências e ainda poder compartilhar-las num clima acolhedor e atento a tão particulares vivências. Quanta intimidade em, por exemplo, compartilhar momentos de silêncio pleno lado a lado, sem nenhuma explicação ou intenção. No yoga se vai para dentro e esse é um território onde convenções nem sempre funcionam, e onde o apoio externo é fundamental para continuar a prática e a transformação pessoal. O apoio vem aqui na forma do professor e do grupo.
Poder estar com pessoas que também têm na prática do yoga um pilar de vida é muito estimulante. É um reforço para a caminhada pessoal, é um empurrão para ensinar, e um empurrão ainda maior para praticar e aprender mais. Essa a força do sanga, que nutre a todos participantes. Feliz escolha a minha!
Minha enorme gratidão aos meus professores Sandro Bosco (em especial), Waldir, Marisa, Tchê, Cris, Carol e Luigi, e aos muitos parceiros e intensificadores de prática, que acabaram se tornando amigos de caminhada.
Grande abraço a todos!
Na foto acima, a mandala feita com a força, integração e sensibilidade do grupo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário